Dieta para perder a barriga

Por Exercícios
Dieta para perder a barriga
5 (100%) 1 vote

Das gorduras localizadas, a mais perigosa para a saúde é a abdominal. Em relação a boa forma, a gordura abdominal é maior incômodo de 10 entre 10 mulheres, ela aumenta as chances de doenças cardiovasculares. Nos últimos anos, o número de mulheres com problemas cardíacos, hipertensão ou diabetes do tipo II cresceu exponencialmente. Além disso, o acúmulo de gordura embaixo do diafragma e na parede torácica dificulta a respiração, forçando os pulmões o que possivelmente resulta em apneia do sono.

E pode ainda aumentar o risco de desenvolvimento de doenças, como o câncer de mama ou de colo do útero. Ou seja, vai além dos padrões estéticos é um problema de saúde pública.

PORQUE É TÃO DIFICIL ELIMINAR A CHAMADA “BARRIGUINHA”

Mesmo fazendo tantas dietas para perder barriga, muitas pessoas reclamam da dificuldade em atingir o objetivo. Há três aspectos que dificultam a eliminação da gordura localizada na região abdominal:

Estresse

O estresse psicológico pode aumentar a gordura abdominal, por conta do aumento de cortisol, um hormônio produzido pelas glândulas supra-renal em situações de tensão.

Má Alimentação

Anos e anos de maus hábitos alimentares resultam não só no acumulo de gordura abdominal, mas de todo o corpo. O problema é que além de serem mais difíceis de eliminar, a gordura na região da barriga, compromete seriamente a saúde.

Receptores nas células de gordura, o Alfa-2

O principal fator que dificulta a queima de gordura na região abdominal é a grande quantidade de receptores presentes nas células de gordura. Eles se apresentam em maior concentração, na barriga, seguidos pelos braços e costas.

Em cada adipócito¹ (célula de gordura), podemos encontrar dois tipos de receptores.

Uma classe de receptores, uma vez ativada, fará o adipócito diminuir. A outra classe, quando ativada, fará a célula de gordura maior e impedirá que diminua. Esse é o balanço entre bons e maus receptores, que vão determinar o quão gordo você é.

Além disso, esses bons e maus receptores não são distribuídos igualmente nas células. Algumas células contêm mais “bons receptores”, e são facilmente reduzidas com dieta.

Mas muitos adipócitos têm mais dos maus receptores. A maioria localizada na região abdominal.  É por isso que alguns depósitos de gordura são tão difíceis de sair. O que significa que você tem dificuldades de emagrecer nessas áreas.

Mas existe um combatente, o Beta-3, que é um receptor que destrói o Alfa-2, e a fonte principal de Beta-3 é sua liberação através de exercícios físicos.

Como a gordura é eliminada?

A matéria não pode simplesmente aparecer ou desaparecer, ao contrário, ela passa por reações químicas e muda de estado.

As mitocôndrias são o centro de energia da célula. Nos músculos ou fígado, elas tiram um pouco de gordura (estocada como triglicérides) das suas células adiposas e a colocam num processo metabólico que a transforma em calor, dióxido de carbono, água e ATP (trifosfato de adenosina).

Por exemplo, a temperatura tem uma importância crucial na manutenção das funções de seu organismo. Para manter a temperatura a cerca de 37°C, o organismo precisa queimar calorias. Quando você está com frio, queima bem mais calorias para permanecer quente. Caso não haja calorias o suficiente para gerar essa energia, o organismo apelará às gorduras para essa função.

DIMINUINDO O ESTRESSE

As atividades físicas são fortes aliados contra o estresse.  A liberação de endorfina, que ocorre nos momentos em que seu corpo está em movimento, dá a ele a sensação de bem estar.

É importante também para qualidade de vida, manter atividades recreativas ou de lazer, onde você pode descansar sua mente em relação às ansiedades do dia-a-dia.

Nenhuma dieta para perder barriga será efetiva, se não equilibrar também seu emocional.

AJUSTANDO A ALIMENTAÇÃO

Para se livrar da barriguinha é melhorar opção é melhorar a qualidade de sua alimentação.

Exercícios para perder barriga, só são eficazes se aliados a uma dieta balanceada e hipocalórica.

Não adianta fazer exercícios abdominais se você tiver muita gordura localizada na região do abdômen.

Os exercícios abdominais agem diretamente no músculo, se seu músculo estiver escondido embaixo da gordura subcutânea, certamente não verá os resultados com facilidade.

Antes é preciso equilibrar sua alimentação a fim de perder peso.

DIETA DETOX

Comece seus novos hábitos alimentares através da desintoxicação.

Já ouviu falar em dieta detox?

Trata-se do consumo de frutas, hortaliças, água e chás, através de sucos ou sopas.

Uma técnica da nutrição funcional, com o objetivo de ajudar o organismo a eliminar toxinas. Com uma alimentação pobre em nutrientes e rica em hormônios, agrotóxicos, aditivos alimentares, gordura, açúcar e uso abusivo de medicamentos, nosso corpo está expostos a uma série de substâncias prejudiciais, que comprometem o funcionamento de nossos órgãos.

Com a dieta detox, além de fortalecer seu sistema, ela tem ação diurética, fazendo com que evite a retenção de líquidos, regulariza o intestino, dá a sensação de saciedade e com algumas receitas, você pode inclusive acelerar o metabolismo, ajudando na queima de gordura.

A ordem é fazer uma faxina geral em seu organismo e diminuir a ingestão de açucares e gordura.

Alimentos que ajudam a desintoxicar e emagrecer ao mesmo tempo

  • Gengibre: um poderoso termogênico que elimina as toxinas do organismo, melhorando assim seu funcionamento
  • Chia: em contato direto com a água, a chia possui um enorme poder de metabolizar as gorduras e queimá-las com maior facilidade.
  • Banana: por se tratar de uma fruta que, entre muitas outras coisas, ajuda na sensação de saciedade,  evitando a ingestão exagerada de alimentos.

HORA DE QUEIMAR O EXCESSO

Não se esqueça para queimar gordura é necessário consumir menos calorias do que seu corpo precisa. Hora de comer menos sem passar fome, eliminando o excesso de gordura e ganhando massa magra. Separamos duas sugestões de cardápio:

Sugestão 1

Café da manhã

2 fatias de pão integral + 1 col. (sopa) de queijo light + 1 col. (sopa) de geleia diet

Lanche da manhã

1 maçã

Almoço

1 filé de frango grelhado de tamanho médio, Salada de folhas verdes à vontade + 4 col. (sopa) de legumes cozidos no vapor + ½ col. (sopa) de azeite de oliva + 4 col. (sopa) de purê de batata

Lanche da tarde 

½ mamão papaia

1 barra de proteína

Jantar

2 fatias de pão integral + 1 fatia de peito de peru + 1 fatia de ricota light + 1 ovo cozido + Tomate e alface à vontade + 1 col. (sopa) de maionese light

Ceia

3 nozes

Sugestão  2

Café da Manhã

1 copo (200 ml) de leite desnatado +  1 banana-prata e 1 col. (sopa) de linhaça batidos no liquidificador + 4 bolachas de água e sal integrais

Lanche da manhã

1 ou 2 laranjas

Almoço

1 concha (pequena) de feijão ou lentilha + 1 porção (média) de carne de panela + legumes no vapor  e salada verde á vontade

Lanche da tarde

1 Suco natural (frutas variadas) sem açúcar + 2 torradas com geleia light

Jantar

1 fatia de pão de forma integral + Omelete feita com 4 claras, 1 gema e legumes ralados

Ceia

3 col. (sopa) de sorvete light

Você ainda pode inserir em seu cardápio alimentos que ajudam diretamente na queima de calorias, através da aceleração de seu metabolismo, potencializando sua dieta para perder barriga.

CAFÉ

Quando você ingere cafeína a frequência cardíaca aumenta, o sangue leva mais oxigênio e mais calorias são queimadas. Contudo, ele não deve ser consumido com açucares.

CHÁ VERDE

Rico em antioxidantes, o chá verde estimula o metabolismo e ajuda a perder peso, auxiliando também na eliminação da retenção de líquidos (inchaços), problema comum entre as mulheres.

CASTANHAS

Elas ajudam acelerar o seu metabolismo através da conversão do hormônio da tireoide básico em T3, a forma ativa do hormônio da tireoide. Castanha do Brasil também pode ajudar a combater a celulite e estimular o sistema imunológico.

AIPO

Ele tem menos calorias e ajuda a queimar mais do que você come. Sua maior parte é composta por água.

LARANJA VERMELHA

Acelera o metabolismo e ajuda a queimar muitas calorias e é rica em fibras que podem ajudar a estabilizar os níveis de glicose no sangue.

GRÃOS INTEGRAIS

Estudos mostram que os grãos integrais são mais saudáveis do que os grãos refinados, pois levam mais tempo para digerir e você não vai ficar com fome por um longo período de tempo. Os cereais integrais são ricos em várias vitaminas, minerais e carboidratos, mas pobres em gordura.

ABACATE

Abacate é um termogênico muito forte. Contém gordura monoinsaturada, que acelera o metabolismo e protege a parte de produção de energia das células dos danos dos radicais livres. Além de reduzir os níveis de colesterol.

ÔMEGA- 3

O ômega-3 age como um regulador do metabolismo. Omega-3 é um ácido graxo que afeta o nível de hormônio leptina, que controla a gordura.

Contudo o ômega-3 não é produzido pelo nosso corpo, sua principal fonte são os peixes.

COMIDAS PICANTES

As pimentas ajudam queimar calorias mais rapidamente. Elas têm poucas calorias e aceleram o metabolismo.

CHIA

Sementes de Chia possuem em suas propriedades, proteínas, fibras e gorduras Omega-3 e ajudar a aumentar o ritmo do metabolismo, saciar o apetite e ligar o glucagon, hormônio, que garante grande queima de gordura.

Após uma dieta equilibrada e a eliminação do excesso de gordura, é a hora de partir para os exercícios para perder barriga. Lembra-se do que falamos sobre a produção do beta-3 em combate ao alfa-2, exercícios físicos são os melhores estimulantes.

Agachamento

O exercício trabalha o abdominal por meio da flexão do quadril sobre o tronco. Como há concentração da força muscular nos músculos inferiores do abdômen, tonificando a região.

Tradicional com a perna estendida

O objetivo dos exercícios abdominais é o fortalecimento dos músculos da parede abdominal. O movimento consiste em fazer abdominal tradicional com as pernas elevadas, nesse exercício, além de tonificar o abdômen, fortalece as pernas e os glúteos.

Prancha no solo

O movimento de ”prancha no solo” é um os melhores na busca da solução para como perder barriga, você pratica flexões com os cotovelos no chão e pernas esticadas, faz com que a musculatura abdominal fique contraída de forma isométrica. Isso quer dizer que o músculo mantém-se contraído em uma resistência fixa. Além de gerar um bom gasto calórico uma vez que o exercício exige equilíbrio e resistência.

Bicicleta no solo

Basta unir as pernas e as elevar para o alto. As pernas devem estar levemente flexionadas e as mãos ficam atrás da cabeça.  Flexione um dos joelhos formando um ângulo de 90 graus e estique a outra perna próxima ao chão.

Ao mesmo tempo, leve o cotovelo oposto à perna estendida em direção ao joelho. Em seguida, faça o mesmo movimento com o outro lado.

O exercício trabalha o músculo abdominal, com a flexão lateral do tronco e aproximação do quadril, favorecendo a ativação dos músculos. A missão de obter aquele sonhado “tanquinho” não é fácil. Requer disciplina, força de vontade e bastante esforço.

Contudo, se seguir a risca as orientações, o resultado será rápido e a transformação gradativa de seu corpo será seu próprio fator motivador.

A hora de começar é agora!

  • 7
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *